quarta-feira, 2 de julho de 2008

Secretário de Aécio advogou para acusados do
mensalão e para sócios de Fernandinho Beira-Mar


Por Thiago Guimarães, na Folha On Line

O secretário de Defesa Social de Minas Gerais, o advogado Maurício de Oliveira Campos Júnior, é também o defensor de diretores do Banco Rural denunciados no escândalo do mensalão.

Advogado com destacada atuação em direito penal, o novo responsável pela Segurança Pública em Minas também defende acusados de envolvimento na fuga, em 1997, do traficante Fernandinho Beira-Mar de carceragem do Estado e suspeitos de crimes contra a ordem tributária estadual.


É o que mostram registros de processos pesquisados pela Folha na Justiça de Minas Gerais, na Justiça Federal no Estado e no STF (Supremo Tribunal Federal). Não há ilegalidade na atuação de Campos Júnior como secretário e advogado, mas o estatuto da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) diz que a advocacia é incompatível com a ocupação de "cargos ou funções de direção em órgãos da administração pública".

Campos Júnior enviou ofício à OAB no qual se declara impedido de advogar.


Confira os depoimentos da nota no blog http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/2007/01/secretrio-de-acio-advogou-para.html



2 comentários:

free lotto game disse...

that doesn't happen everyday. wish you all the best.

lotto disse...

Considering the fact that it could be more accurate in giving informations.