segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

GUERRA FRIA EM JANUÁRIA


Cabo eleitoral recebe grana da prefeitura sem trabalhar, diz jornalista

Ao lado, suposto cheque entregue ao cabo eleitoral

Se depender da disposição fiscalizadora e sagaz do jornalista Fábio Oliva, o município de Januária sempre estará percorrendo trincheiras da mídia. Na verdade, o jornalista e o atual prefeito, Maurílo Arruda (PTC), travam uma guerra fria naquela cidade ribeirinha desde quando tomou posse.

A última de Oliva foi vociferar uma nova denúncia de improbidade afirmando que um tal de Geraldo França teria sido beneficiado durante campanha eleitoral por Arruda.

Segundo a denúncia, que deverá ser entregue no dia 7 de janeiro de 2010 pelos moradores da cidade, o tal França foi coordenador da campanha de Arruda no bairro Cerâmica e, na visão dos moradores, ligados à Associação, o prefeito está pagando o que ficou devendo ao ex-funcionário de sua campanha com dinheiro público.

A denúncia será apresentada Ministério Público Estadual (MPE). Os “Fiscais de Januária” não vêem a hora de entregar o dossiê ao MP. Segundo Oliva, eles só esperam o recesso.

Outro lado

A assessoria de imprensa do prefeito Arruda resolveu comprar a briga do prefeito. Em nota, a assessoria afirma que “Caia a farsa da Asajan e Fábio Oliva” e utiliza gírias que fogem ao tradicional e recomendado texto de uma assessoria jornalística. O texto de Arruda diz que “mentira tem perna curta”.

Afirma ainda que o tal Geraldo França vai abri denúncia contra o “Bando” da Asajan no MP.

A assessoria afirma ainda que Geraldo França teria sido coagido a entregar os cheques que recebeu da prefeitura de Januária para o jornalista Fábio Oliva e membros da Asajan com a promessa de ser recompensado no futuro.

Ao final da nota encaminhada à imprensa, a assessoria do prefeito diz que “há mais acusações contra Asajan e Fábio Oliva que estão sendo investigadas”.

Essa briga promete.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

CHARGE DO DIA

NOTÍCIAS POPULARES

XÔ, SATANÁS
Macumbeiros desconheceram práticas do uso de alfinetes em seus rituais. Depois que um caso no Maranhão apareceu na mídia, ninguém quis se responsabilizar por atos tão insanos e satânicos, sim. Veja aqui a reportagem completa sobre o caso.

NOVELA
Notícia de última hora. Trânsito congestionado e alagamentos em São Paulo é a mesma coisa que anunciar Especial Roberto Carlos na Globo. Sempre terá.

TOLERÂNCIA ZERO
Essa semana minha esposa me fez o seguinte questionamento: que dia é o Natal? Uai, respondi na lata. Dia 25. Que bobinho. Ela queria saber o dia da semana. Toin....

QUEM VIU?
Segundo lugar do miss gay, em Juiz de Fora - ainda bem que não inventaram esse concurso em Montes Claros - virou macho. Depois de perder posição em concurso nacional, deu uma de valentão e lascou a mão na coroa da vencedora. Ai que ódio...

NATAL
Tudo bem que os arranjanhos natalinos com materiais recicláveis embelezaram o centro da cidade, principalmente os da rua Doutor Veloso. Porém, sobrou reclamação. Os enfeites natalinos não só suprimiram as mirradas vagas para estacionamento como esconderam vitrines de algumas lojas daquela localidade.

REFEIÇÃO CARA
Basta aproximar o período natalino para que restaurantes e lanchonetes “enfiem a faca” em seus fregueses. Um absurdo um quilo de comida custa R$ 20. E a laranjada, então. Pagar R$ 3, ninguém merece.

PUTA MERDA!
Parafraseando o presidente Lula. Uma vez um amigo contou um caso numa roda de amigos e usou a expressão “PUTA MERDA”. Tomamos um susto, já que não era palavra típica do seu vocabulário. Ele até que tentou se explicar. “Gente, puta merda é uma grande merda”. Tudo bem, companheiro. Aproveite e assista aqui o discurso do presidente Lula.

SALTO ALTO
O time de vôlei de Montes Claros está nas alturas. Ganhou quatro jogos e só perdeu um. A direção do time deve ficar de olho. Já tem gente de olho nos bons jogadores.


FALANDO NISSO...
A alegria dos torcedores montesclarenses foi geral. O ginásio ficou quase lotado. Recebeu 6.113 pessoas, record máximo da Superliga.

360 GRAUS
Off line. A coluna de esportes daquele site está desatualizada desde setembro. Ao todo foram postadas 10 colunas. A foto do jornalista ainda permanece lá. Ruim para o internauta.

CHAVES
O super da Codevasf, Anderson Chaves, está bastante entrosado com as mídias sociais. Já criou um site pessoal, envia e-mails semanalmente para jornalistas e amigos e apaixonou-se de vez pelo orkut. Pra ele só falta criar um blog, um microblog no twitter, um podcast e uma galeria virtual de imagens no flickr.

ADIANTADA
A assessoria de comunicação da UFMG disparou e-mail essa semana referente ao recebimento de inscrições para o VI Encontro de Zootecnistas do Norte de Minas. A grande questão é que o evento só acontece em de 2010. Até lá o cara já até esqueceu em qual evento ele se inscreveu.

SPAM AMAZÔNIA
Já considero esse e-mail um SPAM. Ninguém mais merece receber aquele enorme texto, porém peculiar, no qual o ex-ministro da educação e atual senador, Cristóvam Buarque, defende não só a internacionalização da Amazônia como as reservas de petróleo do mundo inteiro.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

É NOTÍCIA



Êta, Januária

Segundo nos informa por e-mail o jornalista Fábio Oliva, a cidade de Januária, ao que parece, pode voltar a ficar em evidência novamente. Isso porque o Ministério Público Estadual, através do promotor Felipe Gomes Araújo, ingressou Ação Civil Pública no valor de R$ 1,5 milhão contra o atual prefeito, Maurílio Arruda, que também está sob processo de cassação na Câmara de Vereadores, sobrestado temporariamente por uma liminar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Ainda segundo o jornalista investigativo, ligado a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, Arruda conseguiu o que os seus antecessores não conseguiram: levar uma ação civil pública já no primeiro ano de administração. A título de informação, de 2004 a 2008, pela prefeitura de Januária já passaram sete prefeitos. Todos com irregularidades nas costas.

Manga

Um ex-prefeito de Manga, ao que parece, não pode mais dispor livremente de todo o seu patrimônio. O bloqueio dos bens do político foi determinado no dia 17 de dezembro – 324 dias após o ajuizamento da ação - e visa garantir a possibilidade de ressarcir à prefeitura o dinheiro que ele é acusado de desviar através de fraude a licitação. Veja mais nesse blog.


Brasil sem Minas

Bastou o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, desistir do páreo para ser candidato à vice-presidente da república em 2010,contra as vontades de José Serra, para que uma ala do PT se colocasse em lágrimas. O primeiro foi o prefeito petista de Salinas, José Prates, que enviou carta aberta para que todos lembrassem de sua posição Luleciana em 2006, encabeçada por um grupo de Prefeitos filiados ao PT. O movimento ficou conhecido como Lulécio. Todo mundo sabe que Aécio Neves tem vontade própria, coisa que o PT não tem. Na política é assim. Quando menos se espera ocorre uma mudança. E para os políticos nortemineiros e petistas que apostaram nessa aliança, basta esperar o que vem, de pior, por aí.


OAB faz última homenagem de 2009

O advogado Dalton Rocha, presidente da 11ª Sub. da OAB – MG, afirmou essa semana que a entidade buscou defender a Constituição, manter a ordem jurídica do Estado Democrático de Direito, os direitos humanos, a justiça social, e pugnar pela boa aplicação das leis.

Também esteve presente no evento o presidente da OAB – MG, Raimundo Cândido. Raimundinho, assim como Dalton, deixará a presidência da OAB de Minas em 2010.

Durante o evento, foram inaugurados o Salão de Eventos, a Galeria de Ex-presidentes e as unidades administrativas. Foram descerradas as fotos dos ex-presidentes Sebastião Vieira, Paulo César Mendes Barbosa e Ronaldo dos Reis Couto.

Familiares dos advogados Bento Álvares da Silva Campos, Carlos Gomes da Mota, Georgino Jorge de Souza, João Luiz de Almeida, José Antônio Batista de Castro, José Nunes Mourão, José Sidney de Figueiredo Chaves inauguraram espaços como biblioteca, sala de conselho, entre outras unidades administrativas da nova sede.

Futuros jornalistas são premiados pelo governo de Minas

Quatro estudantes do curso de Comunicação Habilitação-Jornalismo de Montes Claros (Funorte), estão entre os nove premiados pelo concurso Comunicador do Futuro 2009.




O concurso é uma iniciativa do Governo do Estado de Minas Gerais. Os estudantes premiados na cidade são Bárbara Consuelo Câmara, Camila Guimarães Abreu e Maira Vivian Correa Diniz.




Os três conquistaram os primeiro, segundo e terceiro lugar na categoria Texto Jornalístico. O estudante José Adriano Alves ficou em terceiro lugar na categoria Ensaio Fotográfico.

Este ano, foram 168 trabalhos inscritos, sendo 117 na categoria Peça Publicitária, 32 na de Texto Jornalístico e 19 na de Ensaio Fotográfico, todos versando sobre o tema “Água, fonte inesgotável?”..

Para o coordenador do curso de Jornalismo da Funorte, Elpidio Rodrigues da Rocha Neto, que orientou os trabalhos das ganhadoras da categoria Texto Jornalístico, a conquista dos acadêmicos da Funote só vem reforçar a importância da formação jornalística:


- Desde os primeiros períodos, a faculdade concede aos acadêmicos uma base sólida no que se refere ao texto jornalístico, porque a palavra é a base de tudo. Além disso, essa premiação prova que não é a decisão do STF, que votou pela não obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo, que vai impedir a formação de profissionais qualificados e com consistência para desempenharem um jornalismo de qualidade. Nossos alunos vencedores são a prova disso.

Vencedores

Bárbara Consuelo, vencedora do 1º lugar na categoria Texto Jornalístico, considera que a conquista do prêmio demonstrou a importância e a competência do jornalista para fazer com que as pessoas simples sejam personagens de grandes histórias. Foi essa a filosofia adotada para retratar a história de Seu Messias e sua família, que, mesmo com pouca água, têm consciência da importância da preservação desse recurso.

- Eu acho importante utilizar o jornalismo para o social, esse é o grande prêmio – afirma.
A vencedora, que já se formou neste ano, disse que tem um recado a passar ao governador Aécio Neves no dia da solenidade de entrega do prêmio: de que na casa do Seu Messias não tem energia elétrica. Ela ainda aproveita para agradecer aos professores Elpidio Rocha e Ana Gabriela, que, segundo ela, deram todo o apoio para a produção da matéria.
O segundo lugar na categoria Texto Jornalístico é da acadêmica Camila Guimarães Abreu, que escreveu o texto “Riachão: o conflito das águas de uma nascente”. Ela conta em sua matéria sobre as ações que podem destruir o rio.

- Eu não sei nem o que dizer, pensei que não ia ganhar, ainda estou no primeiro período e enviei apenas pela experiência. Agora posso dizer que valeu a pena participar.

E por fim, a Funorte também marcou presença na categoria Ensaio Fotográfico, em que o acadêmico José Adriano Alves Costa, que foi orientado pela professora Lidiane da Silva Santos, conquistou o terceiro lugar.

Tratando do mesmo tema, mas com abordagens distintas, todos os vencedores concordam numa coisa: Estão muito felizes! E com muita razão.


Premiação e trabalhos

Os vencedores em primeiro lugar em cada uma das três categorias receberão cinco mil reais, os segundos três mil e os terceiros dois mil. A solenidade de premiação está marcada para ocorrer em janeiro e, além do prêmio em dinheiro, os primeiros lugares terão os seus trabalhos publicados em jornais de Belo Horizonte.

Para conhecer os trabalhos dos vencedores basta acessar o site.



Funadem cresce diante da torcida montesclarense

O time de vôlei de Montes Claros vai deixar o torcedor montesclarense mal acostumado se continuar passando um rolo compressor em seus adversários. Isso porque desbancou mais uma vez seu opositor jogando diante de sua fiel torcida. Desta vez, o alvo foi o Funvic-Uptime, de Cuiabá.

A equipe de Montes Claros venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 31/29 e 25/10. Essa foi a quarta vitória consecutiva da equipe norte-mineira. O time só perdeu para o Sesi-SP, na rodada de abertura da Superliga. Uma pena, mas vamos lá.

Ao jogo

Os dois primeiros sets foram bastante apertados, mas bastou o ataque e o bloqueio do Montes Claros funcionar bem pra que desequilíbrio na partida fosse notado.

Em um dos sets, o Funvic-Uptime abriu cinco pontos de frente do time norte-mineiro. Atrás do placar, o Montes Claros iniciou uma reação que incendiou a torcida e reverteu a posição no 23º ponto. A partir daí, os pontos foram disputados de forma acirrada. O Montes Claros fechou com parcial de 31 a 29.

Bloqueio decisivo


No terceiro set, o saque e o bloqueio do Funadem foram essenciais para desbancar o time de Cuiabá, que sentiu o adversário crescer em quadra.

O Montes Claros não quis brincadeira nem lero-lero e fechou o jogo com uma diferença elástica de 15 pontos.

Novo encontro

O time de Montes Claros ainda joga na próxima terça-feira (29)contra o Upis-Brasília, no ginásio poliesportivo Tancredo Neves, às 19h.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Funadem-Montes despacha time de Serginho



O Funadem-Montes Claros não percebeu que do outro lado da quadra havia um dos maiores jogadores do mundo, integrante da seleção brasileira de vôlei, o líbero Serginho.

A equipe venceu o Brasil Vôlei São Bernardo, na noite deste sábado (19), em jogo válido pela sexta rodada da Superliga Masculina, por por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/18, 21/25 e 25/18. A partida foi realizada no ginásio Tancredo Neves diante de uma bela torcida.

Números

Com o resultado, o Montes Claros somou a sua terceira vitória na competição . O time paulista amargou a sua quarta derrota no torneio nacional. O técnico

Agora, o time mineiro recebe em casa o Funvic-Uptime, na próxima terça-feira, dia 22, às 19h. No mesmo dia e horário o Brasil Vôlei terá pela frente o Upis-Brasília. O jogo será no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo (SP).
Fotos: (Andrey Librelon)
Veja a tabela completa da Superliga Masculina


Mínimo pode chegar a R$ 510


O novo salário mínimo pode chegar a R$ 510, com correção de 9,7%, a partir de janeiro de 2010. O relator-geral do Orçamento de 2010, deputado Geraldo Magela (PT-DF), anunciou hoje que vai encaminhar a sugestão ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A previsão anterior era de R$ 505,90.

Magela explicou que o novo valor se deve à previsão de aumento da receita em 2010 decorrente das estimativas de crescimento da economia. O custo adicional seria de R$ 870 milhões.

O relator estima em R$ 13 bilhões os recursos do Orçamento para aplicação em 2010 na Lei Kandir - ressarcimento pela União das perdas dos estados, municípios e do Distrito Federal por causa das isenções fiscais concedidas a produtos destinados à exportação -, na correção de aposentadorias e pensões, no reajuste dos servidores públicos, nos valores de tíquete-alimentação e nas obras para a realização da Copa do Mundo de 2014.

Com gol do argentino Messi,Barcelona conquista Mundial

Pedro, de cabeça, empatou a partida para o Barcelona no tempo normal

Com um gol de Messi na prorrogação, o Barcelona venceu o Estudiantes por 2 a 1 e se sagrou campeão do Mundial de Clubes, neste sábado, em Abu Dhabi. A conquista foi sofrida. O time espanhol não apresentou um bom futebol, saiu atrás no marcador e buscou o empate nos instantes finais. Foi o primeiro título mundial conquistado pelo Barça.

Mais informações maisi tarde.

Repórter da Band se diz coagido por deputada

Jornalista Fábio Panuzzio


Deputada teria ligado para a direção de jornalismo da Band pedido a cabeça do jornalista Fábio Panuzzio, após VT mostrando a deputada Eliana Pedrosa (DEM-DF). Confira o texto na íntegra Confiram também o Blog do jornalista Panuzzio.

Mackenzie luta pelo título

O Mackenzie entra em campo hoje (19), às 15h30, em busca do título da 13º Copa Minas Brasil de futebol infanto-juvenil.

A equipe, invicta no campeonato, enfrenta o AABB/Cruzeiro, no estádio José Maria Melo, campo do Cassimiro de Abreu.

A partida teria acontecido há duas semanas, porém, por decisão da Liga Montesclarense de Futebol (LMF), o jogo foi adiado e será realizado junto com a final do Campeonato Amador.

Retrô

Ao longo do campeonato o Mackenzie se mostrou grande, superando equipes tradicionais da cidade, vencendo, por exemplo, o Funorte Esporte Clube (FEC).

A classificação para a final veio de uma vitória suada, por 5x4, nos pênaltis. O jogo foi contra o Novo Clube (antigo Bioclube).

Treinos

O Mackenzie fez treinamentos durante a semana e, segundo o técnico Helinho, a equipe está centrada para a grande final, mesmo com o grande tempo fora dos gramados.

O time está confiante para conquista mais um título montesclarense.

Mais sobre o time em http://mackenziemoc.blogspot.com

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Gotas


Playboy e Geyse
A estudante da Uniban negocia com a revista masculina. Um dos pedidos da publicação é que é que Geyse Arruda não se matricule em nenhuma outra faculdade como a Usp, Unicamp e UFMG, já que intelectuais na capa não vendem bem.

domingo, 13 de dezembro de 2009

SBT mantém Um contra Cem, de Roberto Justus, até julho


De acordo com o Blog do Daniel Castro, que deixou a coluna na Folha, Outro Canal, Roberto Justus acabou de anunciar em entrevista à imprensa que seu atual programa no SBT, o game Um contra Cem, ficará no ar até julho de 2010, e não mais até fevereiro.


Segundo o publicitário e apresentador, o SBT renovou os direitos do programa por mais uma temporada, devido ao bom faturamento e à audiência de sete pontos no Ibope nacional.

De agosto a novembro do ano que vem, Justus irá apresentar um novo reality show, O Grande Desafio.

E, de dezembro a fevereiro de 2011, ele comandará o game Topa ou Não Topa, que já foi apresentado por Silvio Santos.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Pesquisa: 'Estado' é o veículo de comunicação mais admirado

O estudo Veículos Mais Admirados, elaborado pelo Grupo Troiano de Branding há dez anos, deu mais uma vez a liderança para O Estado de S. Paulo.

Com 71 pontos no Índice de Prestígio de Marca (IPM) elaborado pela consultoria, o Estado não apenas foi o líder na categoria jornais, como também atingiu a maior pontuação entre os veículos de comunicação de todas as categorias.

Em dez edições do estudo, o jornal esteve no topo do ranking em seis. No ano passado, a Folha figurou em primeiro, com um ponto à frente do Estado. Neste ano, o Estado avançou seis pontos, reassumindo, pela sexta vez, o topo do ranking.


O Jornal Estado de Minas foi o único de Minas Gerais a figurar entre os dez primeiros da pesquisa. Ficou na sexta posição dos jornais, com 33 pontos. Imaginem se fizermos uma pesquisa dessas no interior, que loucura não seria.
Web 2.0 livre para servidores em Minas

O governador Aécio Neves assinou, nesta quinta-feira (10/12), decreto que autoriza todos os órgãos e entidades da administração pública estadual a liberarem o acesso de seus funcionários às ferramentas interativas da Web 2.0, como orkut, Msn, Blog entre outros. Na verdade um avanço que, graças à Deus, partiu do setor público.

O acesso à Web 2.0 começa a ser liberado ainda este mês. O decreto assinado pelo governador foi publicado no Diário Oficial Minas Gerais na edição de sexta-feira (11/12).

O Governo de Minas, através de suas assessorias de comunicação, está presente em redes de compartilhamento de imagens, como o flickr; compartilhamento de vídeos, no youtube; blogs, que permitem interação com os internautas, e redes sociais como twitter.

O termo Web 2.0 é utilizado para descrever a segunda geração da Internet, com a troca de informações e colaboração dos internautas com sites e serviços virtuais. Com a Web 2.0, a internet tornou-se mais dinâmica.

Ponto para o Governo de Minas.

Silvio Santos é preso por tráfico de drogas

Não é pra rir, mas para refletir. A Polícia Militar de Montes Claros-MG, em sua incansável tarefa de capturar bandidos reincidentes e fujões, prendeu na última quarta-feira (10/12) um homem conhecido como Silvio Santos.

Diferentemente do empresário e apresentador do SBT, esse Silvio Santos só tem um Ferreira a mais, 34 anos e duas passagens pela polícia nas costas. Ah, ele reside no Cidade Cristo Rei, um bairro considerado violento em Montes Claros, e não em um condomínio de luxo.

Ele foi preso, segundo a PM, por envolvimento com o tráfico de drogas na cidade. Na verdade, mais um "gato" que estava vagando por aí fazendo bobice. Ele foi preso pela equipe do Gepar, comandada pelo cabo Amarante, que fazia patrulha pela Rua Santo Inácio.

Como é costumeiro quem deve a polícia, Silvio Santos deixou a "audiência" de lado e, ao avistar a viatura policial, saiu correndo do local onde se encontrava, mas foi logo capturado pelos militares.

Ao ser revistado, enganou-se quem pensou que ele tinha um microfone no pescoço e notas de cem, cinqüenta e dez reais na manga. Pelo contrário. Com ele foram encontradas uma caixa de fósforos com duas pedras de crack embaladas, prontas para venda, e uma porção de maconha.

Em determinado momento da batida, os PMs até pensaram ser o próprio Silvio Santos, do Topa tudo por Dinheiro, quando encontraram no bolso do “artista” R$ 40 em notas de cinco reais, bem distribuídas. Mas tudo não passou de um mal entendido.

Sílvio Santos acabou sendo levado em cana. Foi conduzido para a Delegacia Policial, onde relatou como iniciou a vida criminal. Tenham certeza, não foi como vendedor ambulante e nem camelô.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Força da rua: Morrinhos terá novas eleições no dia 27

Os moradores do bairro Morrinhos voltam às urnas no próximo dia 27 para escolher a nova diretoria e conselho fiscal da Associação de Moradores do Bairro e Adjacência, entidade fundada há vinte anos e que possui título de Utilidade Pública.

As inscrições para chapas estão abertas desde o dia 27 de novembro e a previsão é que cinco chapas disputarão esta eleição. Representam elas: Carlos Coelho, Fernando (avião), Sula, Andréia Silva e Nêgo.

Nesta eleição, todos os moradores do Morrinhos, cadastrados ou não no PSF, terão direito a voto. A expectativa é de que 2mil eleitores compareçam às urnas.

Um forte esquema de segurança está sendo preparado para assegurar tranqüilidade durante a votação. A eleição será observada pelo MP e por outras entidades representativas.

SERVIÇO

As inscrições podem ser feitas na Rua Profesor Ezequiel Pereira,155, Morrinhos, das 9h às 21h, até o dia 17. Será cobrada uma taxa de R$50 para custeio da eleição (confecções de cédulas, almoço e lanche dos mesários).

Superliga: Montes Claros conquista sua 2ª vitória

O time de vôlei de Montes Claros, único time de Minas a entrar em quadra pela Superliga Masculina nesta quinta-feira (10), se deu bem mais uma vez e conseguiu arrancar a sua segunda vitória na competição.

Os meninos de Montes Claros foram à Caxias do Sul (RS) e atropelaram o Fátima-UCS, que acabou dando trabalho aos mineiros.

Apesar do equilíbrio entre as duas equipes, principalmente no terceiro e quarto sets, o resultado final da partida foi favorável aos nortemineiros, que venceram o time da casa por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 13/25, 27/25 e 28/26.

O Funadem volta a jogar pela sexta rodada no dia 19 de dezembro, às 19h, em Montes Claros. Encara a equipe paulista Brasil Vôlei Clube, vice-campeã do Campeonato Paulista 2009.

Um detalhe interessante da partida foi o valor cobrado pelo ingresso: R$ 8.

Confira a estatística completa do jogo.

(Foto: Cleber Robert)

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Caso Librelon: Morte no trânsito por ser homicídio doloso

Uma adolescente morreu quando pilotava uma motoneta, atingida por um carro e atropelada por outro que vinha logo atrás. O promotor acredita que houve culpa, devido à velocidade e à bebida com direção

O caso discorrido no título e no subtítulo dessa informação aconteceu em Niterói, na região metropolitana do Rio. Dois homens acusados da morte de uma jovem num acidente de trânsito foram julgados como “assassinos”.

O triste fato carioca me fez lembrar de um episódio nortemineiro muito pior. Era noite do dia 18 de dezembro, quando a vida de dezenas de pessoas mudaria para sempre.

Na mesma velocidade que um dos acusados atingiu a jovem Tatiana Accurso, filha única de apenas 17 anos, alguns jovens entraram nos seus carros para “brincar de pega” e mataram um casal de idosos, Milton Librelon e Wanita Librelon, e deixaram feridos outros três ocupantes do carro.

Por sinal, os idosos que morreram nessa brincadeira de idiotas, eram avós desse jornalista que vos descreve e que foi testemunha ocular do trágico acidente da noite do dia 18 de dezembro. O acidente aconteceu na avenida José Corrêa Machado.

Cinco anos

No próximo dia 18 de dezembro completam cinco anos dessa fatalidade que, pela misericórdia de Deus, também não fez vítimas fatais eu, minha esposa e meu irmão, Fredy.

A motoneta que a carioca pilotava foi atingida por um carro e outro que vinha logo atrás atropelou e matou a jovem. Cena parecida com o acidente que envolveu o Santana do meu avô, experiente caminhoneiro. Um Renault grená atingiu de cheio a lateral do carro, que lançou para fora do veículo o motorista e os outros dois ocupantes do carro. Detalhe: os carros que vinham em alta velocidade estavam empareados e com os faróis apagados, o que é uma infração prevista na lei de trânsito.

Assim como consta nos autos judiciais e periciais, Mario Eleuzar de Araujo Lima, Rafael Deschamps de Araújo, Fabio Soares Vitor, Daniel Luis Cordeiro Leite, Rodrigo Fernando Aguiar e Albert Rodrigues Gomes Meira faziam “pega” numa via pública no dia 18 de dezembro.

A morte em acidentes de trânsito infelizmente é uma triste rotina do Brasil e que na maioria dos casos os autores ficam impunes. Mas no caso da carioca Tatiana Accurso, o Ministério Público quer demonstrar que não houve uma fatalidade, mas um crime, e que, por isso, os acusados devem ser condenados por homicídio doloso, ou seja, como assassinos que tiveram a intenção de matar.

Da mesma forma, a família Librelon clama por justiça e por uma celeridade da Justiça, que tem interpretado de forma diferenciada casos como esse no Brasil.

O acidente foi há cinco anos. O da carioca há sete anos. Todos os acusados pelo “racha” respondem em liberdade. A família Librelon acredita que a justiça vai prevalecer nesse caso, apesar da demora na decisão. O promotor pode pedir até 20 anos de prisão. Uma fatalidade sabemos que em nenhum dos casos foi.

Entre as testemunhas de acusação no caso da carioca está uma amiga de Tatiana que ia de carona com ela na moto e sobreviveu. No acidente do casal Librelon, há um jornalista, uma advogada e um administrador que testemunharam todo o acidente.

O processo do casal Librelon está no Tribunal de Justiça. A expectativa da família e de toda a população, que acompanhou de perto a dor e sofrimento dos familiares, é que os acusados sejam julgados por um júri popular.
Veja a reportagem da Carioca que foi vítima de uma “brincadeira”

Montesclarense acerta as seis dezenas da Mega

Montes Claros mais uma vez está na mídia. Não se precipitem! Não foi nenhum escadâ-lo político, nenhuma operação da Polícia Federal, que vez outra tira da cama vereadores da Câmara Municipal, terremoto, pai que matou filho, mãe que largou o filho no lixo, desastre nas estradas ou mesmo uma mulher que levou oito tiros na cabeça e sobreviveu.

Foi meramente porque o apostador da mega sena é roedor de pequi, montesclarense. O bacana, não se sabe como ou se foi mera sorte (prefiro essa opção), acertou os seis números sorteados.

A notícia mereceu destaque durante a transmissão do jogo de futebol feminino na Band entre Brasil e Chile. O narrador Luciano do Vale chegou a dizer que o vencedor, "uma hora dessas, estaria em Montes Escuros”.

O bacanão levou um prêmio de R$ 23,8 milhões, de acordo com a Caixa. Os números foram sorteados nesta quarta-feira (9). Resta saber qual foi a lotérica pé quente que vendeu o bilhete.

Relembrando o falecido Lombardi que narrava os números da Tele Sena, seguem os números sorteados: 05 – 10 – 16 – 21 – 39 - 58

Os 111 cartões que acertaram a quina vão receber R$ 19 mil cada um. A quadra vai ser dividida entre 8.648 apostas, com prêmio individual de R$ 360,84.

Para os montesclarenses que perderam a chance de fazer uma fezinha, o próximo sorteio acontece no sábado (12). O prêmio estimado pela Caixa é de R$ 2,5 milhões. É menos, mas já dá para segurar as pontas até o final do ano.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

PEC do diploma é aprovada no Senado Federal

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 33/09 foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal nessa quarta-feira, dia 2.

A votação havia sido adiada duas vezes e só foi possível depois de um acordo entre os senadores com a inclusão de uma emenda proposta pelo senador Aloísio Mercadante (PT/SP) ao artigo 220 da Constituição Federal e acatada pelo relator, senador Inácio Arruda (PCdoB/CE).

O 8° parágrafo regulariza a figura do colaborador: "A exigência do diploma a que se refere o parágrafo 7° não é obrigatória ao colaborador, assim entendido aquele que, sem relação de emprego, produz trabalho de natureza técnica, científica ou cultural, relacionado com a sua especialização, para ser divulgado com o nome e qualificação do autor".


O parágrafo 7° explicita que "a profissão de jornalista é privativa do portador de diploma, de curso superior em Jornalismo, expedido por instituição oficial de ensino, cujo exercício será definido em lei".

Com isso, a PEC 33 - de autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE) - foi aprovada com apenas dois votos contrários, dos senadores Demóstenes Torres (DEM/GO), presidente da CCJ, e Antônio Carlos Magalhães Júnior (DEM/BA).


A exemplo da PEC 386/09, aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadanis (CCJC) da Câmara dos Deputados, em 11 de novembro, a proposta do Senado reinstitui a obrigatoriedade do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão no país e joga por terra a inconstitucionalidade dessa exigência.

Na semana passada, o presidente do Senado, senador José Sarney (PMDB/AP), prometeu a dirigentes sindicais da categoria que se empenhará na agilização da tramitação da matéria.


Representantes da Fenaj reúnem-se ainda esta semana com a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma e com os autores e relatores das duas PECs, visando definir os próximos encaminhamentos.

A exemplo do que ocorreu na CCJC da Câmara, a votação da PEC 33/09 foi acompanhada de perto por representantes da classe patronal. “Os patrões vieram para a disputa e jogaram pesado”, diz o presidente da Fenaj, Sérgio Murillo de Andrade. Prova disto foi o acompanhamento da reunião pelo próprio presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Daniel Slaviero, que, antecedendo os debates, fez um corpo-a-corpo junto aos parlamentares, inclusive distribuindo panfleto da entidade.

Para Sérgio Murillo, a presença de representantes do empresariado reforçou o que a Fenaj já vinha apontando. Ou seja, a questão do diploma não está ligada às liberdades de expressão e de imprensa, mas sim às relações trabalhistas entre empregados e patrões.


“Foi mais uma vitória importante do movimento pela qualificação do jornalismo”, declarou, lembrando em seguida que “ainda temos muito trabalho pela frente”.

A luta continua

Presentes em Brasília, acompanharam a votação da PEC 33/09 as diretoras do SJPMG Janaína da Mata e Nilza Murari. Há duas semanas, o presidente da entidade, Aloísio Morais, encaminhou cartas a Eduardo Azeredo (PSDB), agradecendo o apoio já definido na ocasião, e aos outros dois senadores mineiros, Eliseu Resende (DEM) e Wellington Salgado (PMDB, vice-presidente da comissão), tentanto sensibilizá-los em favor da proposta.

Como último suplente, Eliseu não precisou votar na CCJ, mas em contato com Janaína da Mata se colocou do lado dos jornalistas na luta pelo diploma. Wellington votou em favor da PEC e se comprometeu em manter a mesma posição no plenário. Em nome da categoria, Aloísio enviou nova correspondência aos três senadores mineiros agradecendo o apoio e pedindo que se mantenham do lado da categoria.

Agora, a PEC 33/09 será votada no plenário do Senado e, posteriormente, na Câmara Federal. Nesta será organizada uma Comissão Especial para analisar a PEC 386/09 antes de sua votação no plenário. Isso ocorrerá somente em 2010, segundo previsão da deputada federal Rebecca Garcia (PP/AM), da Frente Parlamentar em Defesa do Diploma. No entanto, ela pretende formar a comissão ainda este ano.

A demora ocorre devido ao trabalho que está sendo feito com as indicações dos nomes. Portanto, continua sendo fundamental que todos os jornalistas e interessados na volta do diploma escrevam aos parlamentares pedindo apoio. A luta só terminará com a volta da exigência de formação superior para o exercício do Jornalismo no país.

Para Aloísio Morais, a exemplo da aprovação da PEC 386/09 pela CCJC da Câmara, a aprovação da PEC 33/09 na CCJ do Senado representa uma grande vitória da categoria. A proposta foi aprovada por quase 20 membros da CCJ, inclusive senadores do PSDB, o que representa um avanço. Afinal, na votação da PEC 386/09, os tucanos haviam se posicionado contra o diploma. Outra coisa a ser observada é que, com exceção dos senadores Demóstenes Torres e ACM Júnior, o DEM votou a favor do diploma.

Encontro com Carlos Luppi

Na terça-feira, 24 de novembro, a Fenaj se reuniu com o ministro do Trabalho e do Emprego, Carlos Luppi, para abordar procedimentos quanto à emissão do registro profissional de jornalista. Na sexta-feira, 13, o Diário da Justiça do Supremo Tribunal Federal (STF) publicou o acórdão do julgamento de 17 de junho, que extinguiu a obrigatoriedade da formação superior específica para o exercício da profissão no país.

Luppi informou que seu Ministério continuará exigindo o diploma para conceder o registro profissional. Ele deverá se reunir com assessores jurídicos para se aconselhar sobre o assunto. Ficou agendada nova reunião com a Fenaj, em 15 de dezembro. Na quinta-feira, 19, o advogado João Roberto Piza Fontes, representante da Fenaj e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo junto ao STF, ingressou com embargo declaratório quanto à decisão da Corte relativa ao Recurso Extraordinário RE 511.961.

Há questionamentos sobre dois pontos do acórdão que, segundo o advogado, jamais constaram no pedido inicial do Ministério Público Federal: o impedimento da criação de ordem ou conselho profissional para fiscalização da profissão de jornalista e a declaração da não-recepção do artigo 4.º, inciso V, do Decreto-lei nº 972/1969 pela Constituição. "O Supremo, escandalosamente, foi além do que as próprias empresas pediram no recurso", disse o presidente da Fenaj, Sérgio Murillo de Andrade.

(Com informações da Fenaj)

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Invasão de Privacidade


Fui alvo de violação de privacidade. Nunca pensei que escreveria isso. Mas vamos lá.

No último domingo (29), minha senha do Gmail, e-mail da Google, foi roubada ou hackeada, não sei. Perdi todos os meus contatos, meus e-mails pessoais, fotos e documentos importantes que estavam no e-mail. Uma irresponsabilidade de alguém. Crime!

O grande problema é que estão enviando e-mails “graves”, mentirosos e muito agressivos do cadeoandrey@gmail.com para o e-mail da minha esposa, que está prestes de dar a luz. Uma falta de respeito e caráter.

Hoje (3) fiquei sabendo pela colega jornalista Ana Medeiros, que enviaram um novo e-mail direcionado à prefeitura de Montes Claros, mais especificamente ao prefeito Luiz Tadeu Leite, pessoa pública que tenho grande respeito, apreço e que foi amigo pessoal do meu avô Milton Librelon (in memoriam). Reforço, aqui, que faço coro à atual administração e me coloco à disposição do prefeito como jornalista.

Não sei como aconteceu. Estou avaliando onde acessei a internet nos últimos dias, meses. Lembro também que nunca utilizo lan house, uma vez que tenho internet banda larga em casa, o que limitaria algumas possibilidades.

Uma coisa eu tenho certeza: quem utiliza os e-mails e os envia a minha esposa e aos demais contatos me conhece, conhece minhas amizades, sabe onde trabalhei e onde trabalho e, o mais importante, conhece minha índole. Tenho certeza que não se trata de um hacker, mas de uma pessoa próxima que, não sei porque, talvez por inveja, quer me prejudicar a qualquer preço.

Minha esposa, como disse, está grávida - 37 semanas – e muito chateada com a situação que, espero, tenha fim. Espero, também, que não seja meu amigo. Se for, imagino que seja uma brincadeira muito sem graça, sem limites e que pode ter consequências graves. Crime, como já falei.

Troquei ideias com o pessoal da TI da Santo Agostinho e eles me garantiram que o ID da máquina que está enviando os e-mails pode ser rastreado.

Espero que o autor dessas mensagens seja tão logo identificado. Isso não pode ficar assim. Alguém tem que ser responsabilizado. Minha imagem profissional e família estão em jogo. Não posso permitir que e-mails virulentos joguem tudo por água abaixo.


Até que esse problema seja solucionado, por favor, enviem releases, informações e convites para andreylibrelon@hotmail.com.

domingo, 29 de novembro de 2009

Morre jornalista Corpo de Alécio Cunha é sepultado no Parque da Colina

O corpo do jornalista Alécio Damasceno Cunha foi velado e sepultado às 16h desse domingo, 29, no Cemitério Parque da Colina. Alécio morreu às 23h30 de sábado, aos 40 anos. Repórter e colunista do caderno de Cultura do Hoje em Dia, ele também escrevia no blog do mesmo jornal. Presentes ao velório, amigos, familiares, jornalistas, artistas e intelectuais de Belo Horizonte.

Alécio estava em coma desde o dia 6 de outubro, quando foi internado e submetido a uma cirurgia no Hospital Vila da Serra, em BH, depois de sofrer um aneurisma cerebral. Escritor, cronista e também crítico literário, era um dos repórteres de cultura mais atuantes da imprensa belo-horizontina. Às vésperas de sua internação, coordenou mesa rendonda com o cartunista carioca Jaguar, no primeiro salão BH Humor; participou do 4° Salão do Livro Vale do Aço e do Encontro de Comunicação do Norte de Minas, na fase preparaória para a Conferência Nacional de Comunicação (Confecom).

Na noite de sábado, 27, ele sofreu falência múltipla dos órgãos e morreu na UTI. Alécio era casado há 10 anos com a também jornalista Márcia Queiroz e pai de João, de oito anos

Tempo nas bancas

Imperdível. A penúltima edição do ano da revista mais lida do Norte de Minas, a Tempo, está nas bancas. Nessa edição, entre outros assuntos de interesse da população, está a situação do médicos frente ao Sistema Único de Saúde (SUS), criado pelo ex-ministro Saraiva Felipe. A revista também trata do clube do vinil, um grupo de apreciadores do "bolachão" que se reúne em M. Claros, da polêmcia questão Mata Seca X Agricultores, dentre outros assuntos que valem a pena serem conferidos.

Portanto, prestigiem. É nossa, é da região.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Jornalista Peré lança livro nesta quinta-feira

O experiente colega jornalista e editor do Jornal de Notícias, Luís Carlos Novaes, o Peré, lança, nesta quinta-feira 26, às 20h, na Sala Godofredo Guedes, Centro Cultural Hermes de Paula, o livro “Sapo na Muda: Meus Amigos, Meus Mortos, Meus Caminhos Tortos”.

O livro é uma coletânea de crônicas publicadas na coluna “Sapo na Muda” que, há sete anos, Peré assina no JN. São 122 páginas de puro senso jornalístico. A editora é Millennium, via Consórcio Literário Oficinas das Letras.

O lançamento do livro, que acontece logo mais à noite, será paralelo a abertura da 19ª edição da Festa Nacional do Pequi.

SERVIÇO

Data: 26/11/09 - Quinta-Feira

Local: Sala Godofredo Guedes - Centro Cultural Hermes de Paula

Horário: 20 horas

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Diploma de Jornalismo e a “Bobagem legislativa”

Pessoal, não sei o que deu no blog nessa postagem. A porcaria da ferramenta não permitiu que eu desse espaçamento duplo de um parágrafo a outro, para facilitar a leitura e acompanhar as tendências da web, como o Contrapauta já faz nas postagens anteriores. Sendo assim, até que o problema seja solucionado, leiam, por favor, o texto sem o devido espaçamento, ok. Vai...

O deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) chamou de “bobagem legislativa” a iniciativa de dezenas de deputados que propõem a PEC 386/09 que exige o diploma de jornalista para o exercício da profissão

Inconsequente, o dito deputado zomba da cara de nós, jornalistas. Com argumentação fajuta e sem sentido, o tal deputado baiano apresenta diversos requerimentos, numa tentativa de adiar a votação na Comissão de Constituição e Justiça.

Até o momento, graças ao bom entendimento de alguns políticos, o requerimento de adiamento da votação foi rejeitado. Mas ele apresentou ainda outros dois: um para adiamento da discussão e outro para votação nominal, o que pode derrubar o resultado se não houver quorum suficiente no plenário da comissão. Coisa que, acredito, não prosseguirá.

A PEC 386/09 estabelece a necessidade de curso superior em jornalismo para o exercício da profissão. Há quatro meses, uma “cagada” orquestrada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, Ministério Público e empresas jornalísticas derrubou a obrigatoriedade do diploma.

De acordo com o relator da PEC, deputado Maurício Rands (PT-PE), o parágrafo primeiro da proposta prevê que nenhuma lei poderá conter dispositivo que possa configurar embaraço à plena liberdade de informação jornalística, o que garantiria a previsão constitucional de liberdade de expressão.

O intruso deputado Aleluia, novamente, rebateu a proposta. Para ele, não se pode mudar a interpretação que o Supremo dá à Constituição. Como se o STF fosse uma instituição “imexível” e fora das críticas. "Vou impedir que a proposta progrida. Ou que progrida lentamente. Vou colocar pedras no caminho na frente dessa bobagem legislativa", afirmou. Lamentável a posição desse deputado.

Um deputado desses não merece ser votado e eleito novamente. Se ele não defende uma categoria tão importante que é a dos jornalistas é porque ele deve alguma coisa, teme ser investigado, pode ter prejuízos com a efetivação da PEC ou não é sensível aos anseios da sociedade.

É aquela velha história. Cada um defende o seu.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Tadeu Leite no Twitter


O Contrapauta descobriu que o prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, também anda bisbilhotando a internet, conhecendo as novas tecnologias e se enveredando pelas redes sociais como o twitter. Teria o prefeito ouvido o conselho dos assessores de Barack Obama, que conseguiram muitos adeptos pelo twitter?

Outro dia vimos alguns tweets que o nosso administrador postou na sua rede social. Em um dos tweets, disse que estava testando a nova ferramenta. Mas parou por aí e sua rede social anda meio desatualizada.

O último post foi no dia 8 de outubro. Seria uma ótima oportunidade para manter uma relação aberta com a população e ouvir as demandas reprimidas. Fica aí a sugestão para você, Prefa. Pelo twitter, a população pode te seguir e saber das ações cotidianas da moderna administração municipal atual.

A Ascom já está no twitter. A oposição também. E bate sem dó.
Twittadas do Tadeu

"Conseguimos dar o maior aumento de salário da história de Montes Claros para os servidores públicos municipais."

"Mais uma surpresa vou apresentar nos próximos dias..."

"Preparando Montes Claros para o futuro..."

E por aí vamos acompanhando as celebridades de nossa cidade. Pelo twitter, por onde for...

sábado, 21 de novembro de 2009

Árbitro pode ter errado ao expulsar Gilberto



Jogador celeste desafia árbitro a provar xingamento




Para não deixar de comentar o jogo na Arena da Baixada nesse sábado (21) e me ater à arbitragem, vamos noticiar primeiro que o Cruzeiro perdeu mais uma vez a oportunidade de dormir no G4, ao empatar em 1 X 1 com o Atlético-PR .



Depois de noticiar esse amargo resultado, vamos nos ater, então, à arbitragem do senhor Paulo César de Oliveira, que vez ou outra prejudica o time celeste no Brasileirão. Apesar de considerá-lo um dos melhores árbitros da atualidade, desta vez estrapolou.



Antes do gol de empate do Cruzeiro, que perdia de um a zero, Gilberto e o árbitro bateram boca por causa do lugar exato de onde uma falta deveria ser cobrada. PC já havia demarcado o local. O cruzeirense queria batê-la atrás da marca apontada por Paulo César, que deu amarelo ao jogador por desrespeitar a marca. Mas quem estaria errado? É aquela velha estória quando a gente vai tirar carteira. A sinalização pode até está certa, mas se o policial acha que é errado, não adianta encher o saco!



Após o gol de empate do Cruzeiro, no fim do jogo, de repente, durante a comemoração, Paulo César Oliveira mostrou novamente o cartão para Gilberto, desta vez o vermelho. Na expulsão, o árbitro alegou que ele teria sido xingado pelo jogador celeste.



Após o jogo, o árbitro não quis comentar a expulsão. Mas Gilberto disse que foi expulso por ter xingado. Ele admite que proferiu palavras de baixo calão na comemoração, mas disse que não foram direcionadas a Paulo César.


Xingamentos



- O que sei sobre marca é que posso colocar a bola atrás. Ele disse: "Gilberto, coloca na marca". Eu respondi dizendo que "Na marca não dá". Puxei a bola para trás e ele me deu amarelo. Na hora do gol, disse que passei por ele e o xinguei. Ele vai ter provar que o xingamento foi direcionado a ele. Alguém que entende de arbitragem tem que dar uma aula para o Paulo César. Ele não pode punir um atleta de ficar de fora de um jogo importante assim como fez - reclamou o jogador.



Saiba mais



Ao pesquisar alguns arquivos da CBF em seu site oficial, percebemos que PC Oliveira pode ter errado. De acordo com a Regra 13, que trata do Tiro livre fora da área penal, o tiro livre será executado do local onde ocorrer a infração ou do local onde se encontrava a bola quando ela ocorreu (conforme a natureza da infração). Portanto, foi uma questão de interpretação.



Entrevistado pelo programa "Troca de Passes", do SporTV, o ex-árbitro José Roberto Wright deu razão a Paulo César Oliveira. Contra o Cruzeiro, todos dão razão a quem está errado. Impressionante.



“O Paulo César fez o círculo com o spray, então o Gilberto tinha que seguir a determinação do árbitro. A partir do momento que fez provocação colocando a bola para trás, o cartão amarelo foi correto”. Gilberto não fez provocação. Só afirmou que naquela posição ficava complicado bater a falta. O juiz interpretou de outra forma e amarelou o craque.



sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Bacanal em motel termina em cana

(*) Duas adolescentes, uma jovem e quatro assaltantes passaram dois dias em um quarto de motel de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. A Polícia Militar chegou aos envolvidos na tarde de quinta-feira (19), seguindo uma denúncia anônima.

De acordo com a PM, estavam no quarto do motel, localizado no bairro Doutor João Alves, duas garotas, de 15 e 17 anos, uma jovem de 24 e quatro rapazes de 23, 24, 25 e 26 anos.


Os rapazes contaram que tinham feito um assalto no último dia 17. Na ocasião, eles roubaram R$ 20 mil, um notebook, um óculos e celulares. Para comemorar o crime, eles convidaram as moças para um passeio e as levaram para o quarto de motel.

Foram recuperados no motel o óculos, notebook e celulares. A arma usada no assalto, um revolver calibre 38, e um Astra preto, também supostamente usado no crime, foram apreendidos na casa de um dos suspeitos.

Os assaltantes dividiram o dinheiro em partes iguais. Todos os envolvidos e materiais apreendidos foram levados para a delegacia da cidade.

(*) CLARISSA DAMAS
clarissa.damas@otempo.com.br

domingo, 15 de novembro de 2009

Futsal do Brasil goleia Hungria em Montes Claros


Em Montes Claros, no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, a seleção brasileira de Futsal goleou a Hungria neste domingo 15/11, na primeira série de dois jogos que compõem o Desafio Internacional de Futsal entre os dois países.

A partida ocorreu às 10 horas e teve direito a transmissão ao vivo da Rede Globo. Um público de mais de 8 mil torcedores compareceu ao ginásio, que já recebeu esse ano dois jogos da seleção brasileira de vôlei. Ao todo foram colocados à venda 3.050 bilhetes. Outros 3.950 ingressos foram distribuídos entre os patrocinadores da CBFS e parceiros na organização do evento.

O jogo foi bastante movimentado. A seleção manteve durante todo o jogo a superioridade e marcou três gols logo no primeiro tempo, desequilibrando a partida. Com a ajuda da torcida montesclarense, os outros três gols da seleção vieram no segundo tempo.

O jogo foi o nono na história entre os dois países. Nos duelos anteriores a superioridade verde-amarela é enorme, com sete vitórias do Brasil e apenas um triunfo dos húngaros. O único revés dos hexacampeões mundiais diante da Hungria ocorreu em 1989, com o placar de 3 a 2 para os europeus na Copa do Mundo de Futsal da Fifa, realizada na Holanda.

Além do confronto deste domingo no norte de Minas, brasileiros e húngaros voltam a se enfrentar em Guarulhos (SP), na segunda-feira (16/11), às 19h.

Ministro das Comunicações


O Ministro das Comunicações, Hélio Costa, compareceu ao Ginásio Tancredo Neves e

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Gotas de Informações

EFEITO CASCATA

O blog esportivo mais atualizado do momento, do colega Christiano Jilvan, trouxe essa semana o que poucos imaginavam e que o jornalismo da InterTV antecipou: a saída do técnico Marcelo Méndez do comando do time de vôlei de Montes Claros. Segundo apurou o Deveneta, Méndez fez 17 jogos, conseguiu 10 vitórias. Quatro delas sobre os seus futuros comandados. O motivo da saída teria sido salário. O técnico, que tem experiência no exterior, chamou atenção do Sada/Cruzeiro, que acabou levando-o por um valor mais interessante. A jovem diretoria do clube, que tem a frente Vitão e Tadeuzinho, terá que agir com cautela. Isso não quiserem assistir um efeito cascata. Wanderley Luxemburgo que o diga. Por onde passou sempre levou na manga o jogador Maldonado, que agora está no Flamengo. Esporte tem dessas coisas. O momento é de esfriar a cabeça e pensar logo num bom técnico.

NO SUL
Vair virar lei. Transexuais pretendem adotar o nome social ou nome de guerra, como dizem por aí, para frequentar escola. A orientação partiu da Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul. Se a moda pega...


DISFARCE
“Madona vem ao Brasil e diz que o Rio é maravilhoso”, se maravilho o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, talvez ocultando a problemática da violência no estado. Ah, só para lembrar, um helicóptero da Polícia Civil foi alvejado nesta quarta-feira (10), ao sobrevoar uma favela do Rio.

BRASIL, MEDIADOR?

O Governo Federal quer intermediar a tensão entre Venezuela e Estados Unidos. Advinha quem vai ser privilegiado?

UNIBAN
Três dias após decidir pela expulsão da estudante de turismo Geisy Arruda, de 20 anos, a Uniban recuou e resolveu aceitar que ela volte a frequentar a universidade. Foi a melhor decisão que ela tomou nesses últimos dias.

DOPING
Fico encucado com esses médicos que cuidam de atletas como a ginasta Dayne dos Santos. Tenho receio de os caras colocarem droga na comida dela e ela não perceber. E o pior: representar o Brasil, drogada.

RUBINHO



Orkut pode indenizar o velocista em R$ 10 mil diários, se não retirar comunidades ofensivas da internet. Abaixo a ditadura! Vamos participar rápido. As comunidades vão sair do ar. Que pena!

RUBINHO 2
A única maneira de Rubinho acabar com a imagem de lerdo é dar conta de cuidar de duas tartaruguinhas sem deixa-las fugir. Eta bichinhas ariscas...

PELÉ


O ex-jogador Pelé aparece cantando e dançando um samba de sua autoria em uma campanha publicitária para promover a cidade de São Paulo como destino turístico. A propaganda, que custou R$ 1,3 milhão, será veiculada a partir do dia 20 de novembro no interior, em capitais e na América do Sul. Fala sério...


terça-feira, 10 de novembro de 2009

Apagão nacional atinge, também, Montes Claros

Por alguns minutos, Montes Claros, principal cidade do Norte de Minas, foi surpreendida por um apagão no sistema elétrico do país, que afetou pelo menos dez Estados brasileiros e o Distrito Federal, na noite desta terça-feira. O blecaute aconteceu por volta de 23h.

As informações preliminares dão conta de que o apagão foi causado por uma pane ocorrida na usina hidrelétrica de Itaipu, como informou o Ministério de Minas e Energia. O Paraguai também ficou sem luz.

De acordo com a o Operador Nacional do Sistema (ONS), foram perdidos 17 mil MW de potência, o que equivale à potência geral do Estado de São Paulo. De acordo com o ministério de Minas e Energia, foi um apagão de 14 mil MW, que começou com uma linha de transmissão da usina hidrelétrica de Itaipu e se propagou em efeito dominó por várias regiões. Algumas linhas de abastecimento de Furnas também foram desativadas.

Ainda não se sabe quantos municípios do Norte de Minas ficaram sem energia. As causas ainda são desconhecidas. Nos últimos noticiários de TV, já na madrugada de quarta-feira, a ação de hackers não havia sido descartada.

Em algumas capitais, o problema prejudicou a circulação de veículos devido à falta de funcionamento da sinalização.

A notícia do apagão repercutiu no exterior. O New York Times, um dos maiores jornais do planeta, estende uma foto de Copacabana na primeira página de seu portal.

A região mais afetada foi o Sudeste. Até o final da noite de terça-feira (10), a Cemig não havia se pronunciado sobre o problema. A empresa deve se pronunciar no início da manhã desta quarta-feira.

sábado, 7 de novembro de 2009

De virada é mais gostoso

O Cruzeiro abateu o Leão neste sábado (7) pela 34ª rodada do Brasileirão. Dois pontos interessantes. O Time perdia por dois gols de diferença e buscou a vitória, fora de casa. O segundo é que estamos no G4, mesmo que temporariamente. O duro é ter que depender do nosso maior rival para mantermos a posição e tentar, até, conquistar a taça de campeão, o que não prova ser impossível de acontecer. Com a vitória a raposa vai a 54 pontos. Vai Cruzeiro...


terça-feira, 3 de novembro de 2009

DAQUI, DE ONDE, PRA QUEM???


Eis que surge um novo impresso na cidade. O Daqui, nome bastante sugestivo, pode ser facilmente confundido com o Aqui, de BH, que na verdade é uma junção do melhor do Estado de Minas com o extinto Diário da Tarde (DT).


Mas o Daqui é uma junção de que ou de quem ou pra quem? Atende interesses ou é, na verdade, um jornal de oposição ou uma alternativa de jornalismo crítico e responsável para os nossos poucos leitores que se informam, em sua maioria, através de bicicletas ambulantes com alto-falantes embutidos poluindo o meio ambiente de nossa cidade?


Em sua primeira edição, que não contou com nenhuma estratégia de divulgação, marketing ou publicidade, merecendo apenas um rápido blog, Daqui traz informações novas de fatos velhos. No jornalismo chamamos de matérias "requentadas". As informações não são suítes, já que não foram tratadas anteriormente pelo veículo que ainda engatinha.


Expectativa

Os leitores esperam que o novo impresso seja imparcial, informativo, com jornalismo engajado e com novidades, sem notícias requentadas. Esperam ainda que não tome partido de A ou B, mas que abra os olhos da população para os deslizes dos nossos representantes. Que seja fiscalizador e não órgão oficial de determinado político.


Do contrário, estará fadado ao fracasso, como outros tantos que já abriram e fecharam em nossa cidade e no mundo. Pra ficar na história tem que ser sério e responsável. Pode até "bater", mas que tenha argumentos sólidos para tornar o fato verdadeiro, interessante e que instigue a opinião pública a opinar e ter voz ativa.


Acompanhando...



quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Revista Tempo, já nas bancas

A Revista Tempo mais uma vez sai na frente. Na presente edição, o editor Christiano Lorenzato e sua equipe de jovens jornalistas destaca a população idosa de Montes Claros-MG, com cerca de 43 mil pessoas com mais de 60 anos. A capa traz também a visita polêmica do presidente Lula ao Norte de Minas, em plena campanha eleitoral, e o seu "encontro marcado" com o governador Aécio Neves. E por falar no Governador... Esta semana, Aécio pressionou o PSDB. Segundo informou a Folha, o pretenso candidato quer que os Tucanos sacramente, até dezembro, o nome para entrar na disputa pela Presidência da República. Se a vaga não sair, o que está começando a ser desenhado, Aécio deve mesmo disputar uma vaga no Senado. Pior para Minas Gerais. É de se esperar. Em Montes Claros, os palanques já começam a tomar cara. Mas isso reservamos para depois...

Formação Profissional, já

Esta semana recebi um release de um órgão estadual. Na verdade, uma nota de esclarecimento. O arquivo estava anexado, o que não me permitiu deletá-lo logo de cara. Fui obrigado a baixá-lo e lê-lo,
como faço frequentemente.

Não fosse pelo deslize ortográfico no tratamento dado à "imprensa" - tinha que ser no título, né -, seria mais uma das dezenas de mensagens que recebo diariamente e que iria para a lixeira.

Mas por se tratar de um texto jornalístico, me chamou atenção o fato de não ter havido um correção prévia antes do envio. Pois, é. O e-mail não foi nem mesmo retratado.

O episódio, que podemos chamar de case, ilustra bastante as discussões sobre a importância da exigência do diploma para o exercício profissional. Duvido que um jornalista com formação acadêmica, com uma boa carga cultural e experiência deixaria escapar "uma dessas".

Não estou dizendo que eu ou outro colega não cometeriam a mesma gafe, mas há de se dizer que a formação superior é essencial para se fazer um bom trabalho jornalístico, dar exemplo, ser referência num mercado tão exigente e com patrôes tão mesquinhos e arrogantes.

Felizmente, o arquivo não foi enviado por um jornalista. Menos mal. Mas vale a discussão. Devemos exigir ou não jornalistas formados, compromissados e atentos às novas tecnologias seja nos órgãos públicos ou privados e que saibam, no mínimo, escrever?

Bom para o mercado. Melhor para a sociedade.

Brasileirão 2009

De agora em diante, passo a conferir o Brasileirão a partir da tabela abaixo. O Cruzeiro, time que mais venceu na segunda rodada, espera um deslize dos primeiros colocados (para não falar Atlético).

A algumas rodas do fim do campeonato, muita coisa pode acontecer. O jogo desta quarta-feira (28), no Mineirão, é prova de que o Cruzeiro está mais vivo do que nunca, embora precise de alguns ajustes na zaga e no meio de campo. Imaginem como foi a narração do terceiro gol do Cruzeiro na voz de Alfeu Soares, na Rádio Terra, quando alguns torcedores já deixavam o estádio.

Bom, Palmeiras e São Paulo que se cuidem. Adilson Batista é daqueles que come pelas beiradas. Se eu fosse torcedor do Atlético não "cantava de galo". O Campeonato está em aberto. A raposa pode chegar lá.

Tabela de Andrey

1 - Palmeiras - 54
2 - Atlético-MG - 53
3 - Internacional - 52
4 - São Paulo - 52
5 - Cruzeiro - 51

sábado, 24 de outubro de 2009

Ingressos Cirque du Soleil

Pessoal, boa tarde. Estou com dois ingressos para o espetáculo "Quidan" do Cirque du Soleil, para o dia 31/10/2009, em Belo Horizonte. Infelizmente, não podeir ir ao show. Diante de algumas impossibilidades, estou passando os ingressos. Interessados, entrem em contato, ok. R$ 420 (cada).

Os ingressos são para a Categoria 1
Confiram algumas fotos dos atos do espetáculo




segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Sholmes e suas roupagens na Terça Cultural

A Terça Cultural desta terça-feira (20) recebe o versátil músico e artista Sholmes Souto. Com profundas influências do blues e namoro com o pop, rock e MPB, Sholmes interpreta com maestria dos clássicos da música brasileira a sucessos internacionais.

Com uma performance cênica que lembra o Rolling Stone Mick Jagger, o músico não perde sua originalidade.

Faz questão de nas suas apresentações trazer as músicas com uma nova roupagem. Já é um estilo consagrado dele.

Há dezesseis anos, Sholmes começou a tocar no grupo Urubles, projeto idealizado pelo músico e compositor Ney Antunes, com quem até hoje se encontra para dividir os palcos da noite montesclarense.

As aptidões musicais começou no Urublues, em 1993 tocando gaita e cantando. Paralelamente, também se apresenta em casas noturnas e festas, sempre mantendo a linha de repertório que adotou no começo da sua carreira - diz o músico.

Nesta apresentação a população irá prestigiar um dos mais renomados músicos de nossa cidade que há vários anos contribui com o desenvolvimento musical da cidade, além de vários outros que dividiram o palco com Sholmes Souto.

“É uma ótima oportunidade para aqueles que ainda não conhecem o trabalho do artista marcar presença nesta noite”, acrescenta o coordenador da Terça Cultural, o colega jornalista e produtor cultural Rodrigo de Paula.

SERVIÇO

A Terça Cultural, realizada pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC) em parceria com o Coletivo Plug, começa às 21h, no auditório Cândido Canela, no Centro Cultural Hermes de Paula. A entrada é de graça..

domingo, 18 de outubro de 2009

Viola dos Gerais

A foto em destaque é da artista e funcionária pública, Rosane Souto. No palco, ela é a que está sem o violão.

A imagem foi enviada a meu pedido, depois que eu assisti a uma entrevista sua numa TV local, na semana passada.

Cantora de mão cheia, Rose Souto possui muita experiência na área musical e tem uma carga cultural invejável. Ouve de tudo. Adora o pessoal do Cordel do Fogo Encantado, 14 Bis e aprecia jazz e blues. É daquelas que gosta de dizer o que pensa e não se incomoda. Anda por aí. Viajandocantando.

Junto, isso mesmo. Ela viaja e canta. Já fez isso em várias cidades do Brasil. També faz parte do Coral da Unimontes. Uma artista nata, agora destaque nesse no Festival Viola dos Gerais.

O projeto prevê 30 etapas a serem realizadas em 3 regiões diferentes do estado. O encerramento acontece em Montes Claros. Tomara que ela esteja entre as finalistas.

Foto: Arquivo Pessoal